Crises

Situações de crise são situações que estão associadas à vivência de um evento traumático, abrupto e imprevisto e que, geralmente, afeta o equilíbrio emocional do indivíduo. Em função da desestruturação que provoca, torna-se um período crítico do ponto de vista emocional, pois a pessoa sente-se angustiada e invadida por sentimentos de intensa aflição, desequilíbrio, desamparo e perda de controle sobre a vida.

 

Outras vezes, a crise pode estar associada a passagens e/ou períodos de vida que demandam mudanças de aspectos importantes da pessoa e do seu modo de ser como, por exemplo, a adolescência, o início da vida adulta, casamento, separações, desemprego, menopausa, etc.

 

A crise também pode ser compreendida como crise existencial, ou seja, o indivíduo em algum momento de sua vida sofre uma “interrupção” em seu estado normal de funcionamento. Em outras palavras, ocorre uma ruptura de equilíbrio, uma quebra no sentido de vida da pessoa.  Muitas vezes, a pessoa em crise não consegue mais se reconhecer; suas relações pessoais perdem o significado e, consequentemente, passa a ter a sensação que não mais pertence mais a sua própria história.

 

Seja como for, a crise é sempre um estado de perturbação para as pessoas, pois está associada a uma série de sentimentos desconfortáveis que ocorrem quando somos expostos a problemas que se tornam insuperáveis por meio de nossos recursos habituais de solução. E isso assusta...

 

Cabe ressaltar que nenhuma pessoa fica imune ao processo de uma crise, embora cada uma vá enfrentá-la de maneira única e singular, mesmo que as circunstâncias sejam semelhantes.

 

Informativos

Receba notícias, convites de palestras / eventos e mais informações em seu e-mail: