O que é Psicoterapia Breve

"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem" (Fernando Pessoa).

1. O que é psicoterapia breve?

A Psicoterapia Breve é uma modalidade de tratamento psicológico que tem como especificidade o limite de tempo estabelecido e a ênfase no trabalho com um foco, o qual pode ser definido como o principal problema que motiva a pessoa a buscar ajuda.

 

2. Por que psicoterapia breve?

Raramente uma pessoa pensa em buscar algum tipo de ajuda psicológica sem que um sofrimento esteja presente. O que muitas vezes costuma acontecer é que as pessoas reconhecem a necessidade da ajuda, mas, por motivos diversos, não podem ou não desejam dar início a um tratamento longo e dispendioso. 

 

Nestes casos, a psicoterapia breve pode ser uma opção, pois é de suma importância que as preferências e necessidades, bem como, as expectativas e possibilidades - tanto as dos pacientes quanto as do terapeuta - sejam respeitadas. 

 

Cabe também ressaltar que não é a longa duração do tratamento que irá garantir as condições necessárias para um bom trabalho, seu progresso e sua profundidade e sim a qualidade da experiência vivida entre terapeuta e paciente. Ou seja, no estabelecimento de uma relação na qual o paciente possa ser respeitado e compreendido em seu desejo, e onde a ética ocupe sempre um lugar de destaque.

 

Levando isso em conta, o profissional, mesmo diante da limitação temporal, poderá conhecer seu paciente, investigar os vários aspectos de sua vida e personalidade e ajudá-lo a compreender melhor o que se passa com ele, o que desencadeou seu sofrimento e, conseqüentemente, proporcionar não o máximo, mas o suficiente para ajudá-lo em um momento mais difícil de sua vida.

 

3. Quanto tempo leva uma psicoterapia breve?

Por convenção, o prazo máximo para uma psicoterapia breve é de um ano, podendo durar alguns meses ou algumas sessões. Porém, a duração do processo vai depender da problemática do paciente, de seus recursos e também da experiência e da formação do profissional nesta modalidade de tratamento.

 

Em geral, são realizadas sessões semanais com duração de 50 minutos em data e hora combinadas.

 

4. Quais as modalidades de atendimento em psicoterapia breve?

Psicoterapia breve individual: Atendimento clínico para crianças, jovens e adultos.
Psicoterapia breve de casal: Atendimento clínico para casais e orientação a pais.

 

5. Quando procurar?

Quando, por motivos diversos, percebemos que não estamos conseguindo lidar com obstáculos e superar as dificuldades que são inerentes à vida. Sentimentos de impotência, menos valia, falta de iniciativa, pessimismo, desesperança, ansiedade, dores constantes e sem causa física, insônia ou excesso de sono - dentre outros sintomas físicos ou psicológicos - pode ser um sinal de que algo não está bem.

 

A procura por uma psicoterapia não é sinal de desequilíbrio, fraqueza ou incompetência para enfrentar nossos problemas e desafios pessoais, mas sim, um sinal de reconhecimento de que somos humanos e, portanto, sujeitos a limitações perante as diversas situações muitas vezes inesperadas que a vida nos impõe.

 

6. Qualquer profissional pode trabalhar com psicoterapia breve?

Não. O psicólogo ou psicoterapeuta deve possuir formação específica na área.

 

7. Qual a eficácia da psicoterapia breve?

A psicoterapia breve apresenta resultados terapêuticos bastante eficazes, podendo-se observar melhoras significativas já nos primeiros meses de tratamento.

 

Estudos e pesquisas realizados em diferentes serviços mostram que as psicoterapias com tempo limitado são levadas a termo com mais frequência do que as psicoterapias de duração não limitada.

 

Informativos

Receba notícias, convites de palestras / eventos e mais informações em seu e-mail: